AGOSTO 2019

DPOT APRESENTA BUFÊ TAIPA

 


 

Alfio Lisi e Domingos Tótora em nova parceria criativa: um móvel que desafia a fronteira entre o mobiliário e a arte.

Cinco anos depois do lançamento da poltrona Sopro MMDT, Alfio Lisi e Domingos Tótora retomam a parceria criativa no bufê Taipa. Desafiando a fronteira entre o mobiliário e a arte, o móvel reúne a geometria e a arquitetura características do trabalho de LISI e a delicadeza poética que é sinônimo da obra do premiado designer mineiro.

“Em uma visita à Maria da Fé, o Domingos me mostrou algumas aparas de grandes painéis que ele normalmente faz para revestir paredes. Começamos então a pensar na possibilidade de criarmos uma peça que utilizasse o material e representasse uma síntese dos nossos saberes”, explica Alfio. Assim nasce o bufê Taipa.

As portas trazem os painéis feitos artesanalmente por Domingos Tótora a partir de massa de papel Kraft reciclado – matéria-prima que se tornou símbolo de sua trajetória –, acrescido de sedimentos naturais, como terra e pó de café, que dão cor e textura ao material. O nome faz referência à taipa de pilão, técnica construtiva baseada no uso de camadas de barro compactado dispostas como lâminas de madeira. O recurso foi amplamente utilizado no Brasil no período colonial, sobretudo, na região Sudeste, e vem sendo redescoberto mais recentemente. 

A caixa retangular que compõe a estrutura é sustentada por pés em formato de X, sistema utilizado anteriormente por LISI em outras criações de sucesso, como a poltrona Preguiça Gira Gira. Posicionados horizontalmente no centro, os pés formam uma base que sustenta ao mesmo tempo em que dá leveza ao bufê. “É móvel de grande complexidade estrutural que parece flutuar no espaço”, resume o arquiteto e designer.

Fabricado artesanalmente entre a marcenaria de Alfio no interior de São Paulo e o ateliê de Domingos na Serra da Mantiqueira, o bufê Taipa tem edição limitada e numerada. O móvel é revestido com lâminas naturais de jequitibá-rosa. “É uma madeira com poucos veios e que, portanto, interfere pouco na aparência e ajuda a evidenciar as portas feitas pelo Domingos”, diz Alfio.